Rss

Archives for : Eventos

Inauguração do SESC 24 de Maio.

Sesc 24 de Maio

Aproveitem que hoje (19/08/2017) e amanhã o SESC 24 de Maio está inaugurando e traz diversas atividades GRATUITAS!!!

Dentre os destaques estão:

Sábado (19/08/2017)

FERNANDA MONTENEGRO

Circo Em(Cena)

Arautos do Bem-Viver

Rindo Conformis

Arte em Alta

 

Domingo (20/08/2017)

Mágica Close Up

Selvagem

Percha no Asfalto

Impossível Alerta (Contém Mágica)

Martinho Rap Samba Rock

Para maiores informações: SESC 24 DE MAIO

Intercâmbio de Cias de teatro no Itaú Cultural…

Proposto pelo Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural e com consultoria de Maria Carolina Vasconcelos Oliveira, o instituto realiza o projeto O Lugar do Outro? entre os dias 23 e 25 de outubro.

O Lugar do Outro? consiste em intercâmbios que reúnem coletivos de teatro com propostas diferentes e que produzem em lugares distintos. “Quais são as diferenças de se produzir no centro ou na periferia? O que há em comum? Como evitar, de um lado, a estigmatização e, de outro, a neutralização dessas diferenças?” Para além das dicotomias, o encontro debate com artistas e pesquisadores a ocupação, a intervenção, os modos de organização e as produções culturais nas margens da cidade.

O evento conta com a participação de dois coletivos que produzem nas periferias da cidade, o Coletivo Dolores Boca Aberta Mecatrônica de Artes e o Capulanas Cia. de Arte Negra, que escolheram como pares a Cia. Antropofágica e o Grupo Clariô.

Confira a aba Programação para saber mais. Na aba Vídeos você também pode assistir alguns dos trabalhos do Coletivo Dolores Boca Aberta e da Cia. Antropofágica.

O Lugar do Outro?
quarta 23 a sexta 25 de outubro de 2013
quarta às 11h, 15h e 19h
quinta e sexta às 20h

Entrada franca – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência
[livre para todos os públicos] L
[indicado para maiores de 18 anos] 18 espetáculo do dia 24 de outubro

PJB – Prêmio Jovem Brasileiro 2013

Aconteceu na noite desta segunda-feira (30/09/2013), a reunião dos principais nomes do universo teen no Prêmio Jovem Brasileiro. #PJB2013

A festa, que está na sua 12º edição, foi transmitida ao vivo pelo portal R7 e a Central de Atores também cobriu o evento.

A premiação surgiu em 2002 e se tornou referência para a valorização da juventude.

Os nomes indicados pelo público disputam o troféu nas categorias TV, Música, Esporte, Internet e Entretenimento.

Entre as atrações desta noite estavam a cantora Sophia Abrahão, as bandas Girls e O Teatro Mágico e o grupo Comédia em Preto & Branco. Além de outros convidados ilustres.

Vejam algumas fotos do que rolou por lá.

SAM_1343 SAM_1344 SAM_1346 SAM_1349 SAM_1359 SAM_1361 SAM_1368 SAM_1370 SAM_1373 SAM_1381 SAM_1385 SAM_1386 SAM_1409 SAM_1423 SAM_1431 SAM_1432 SAM_1435 SAM_1441 SAM_1443 SAM_1444 SAM_1452

Queremos deixar aqui um agradecimento especial para a equipe do Tudo em Pauta.

Samuel Becket e grandes nomes do teatro sobem no palco do Cultura Inglesa Festival!

Maravilhosa notícia. Para quem já ouviu falar do espetáculo “Esperando Godot” e de Samuel Becket sabe o que eles significam para o teatro!

Assim sendo, a notícia é muito boa:

O Cultura Inglesa Festival incentiva o diálogo entre a cultura britânica e a brasileira, e o maior exemplo disso é o nosso edital que anualmente apóia a produção de 15 projetos inéditos de artistas brasileiros inspirados em temas da cultura do Reino Unido.

Na categoria Teatro Adulto, a ideia é apoiar montagens de textos da dramaturgia britânica. E este ano, o recorte de textos que serão encenados nos palcos do Festival fornecem um bom retrato da produção teatral dos últimos 50 anos. Confira um pouco dos autores e dos textos que irão ganhar vida na visão de artistas brasileiros:
.

¤ Oh os belos dias – de Samuel Beckett
No período de 1948 a 1961, o grande dramaturgo irlandês inaugurou um tipo de teatro radicalmente novo, com peças como ‘Esperando Godot’, ‘Fim de Jogo’ e ‘A última gravação’. Faz parte deste período o texto Oh os belos dias (Happy Days), uma peça em dois atos. Ele é considerado um dos principais nomes do que ficou conhecido como “Teatro do Absurdo”, e ganhou um prêmio Nobel de literatura em 1969. No entanto, a peça não foi um sucesso absoluto de crítica na sua primeira montagem. De qualquer forma, alguns críticos abraçaram a peça, e chegou-se a dizer que o papel de Winnie, na peça, seria a versão feminina de Hamlet, no que se refere à vontade das atrizes em querer interpretá-la!

¤ O Natal de Harry – de Steven Berkoff
Este dramaturgo inglês nasceu em 1937 e só nos anos 1980 emergiu como um dos mais excitantes autores da nova dramaturgia britânica da época. Além de autor e diretor, ele é mais reconhecido como ator, tendo interpretado importantes papeis no teatro e no cinema, inclusive um vilão de James Bond! Além de ser um talentoso artista do teatro, acumulando importantes prêmios como autor, diretor e ator, Berkoff é uma figura polêmica e controvertida. Neste espetáculo, ele apresenta um monólogo às vésperas do Natal: um embate melancólico e angustiado.

¤ Perfeitos, Perversos e educados – de Howard Brenton
Com textos politizados e ácidos, Howard Brenton, nascido em 1942, ganhou notoriedade no circuito artístico britânico. Entre os seus textos mais reconhecidos, está “Pravda”, uma crítica à monopolização dos meios de comunicação, e “Weapons of Happiness”, sobre uma greve numa fábrica em Londres. No #17CIF, três peças curtas dele serão encenadas, mostrando um retrato ácido e desconcertante da natureza humana. Ele é praticamente inédito no Brasil, e um dos objetivos do espetáculo é trazer a atenção do público brasileiro para este importante artista.

Confira todos os espetáculos de Teatro do 17CIF!

Festival Internacional de Cinema de Viena recebe inscrições para pré-seleção

Festival Internacional de Cinema de Viena recebe inscrições para pré-seleção
Filmes brasileiros selecionados para o evento poderão solicitar envio de cópia à ANCINE por meio do Programa de Apoio à Participação em Festivais Internacionais

O Festival Internacional de Cinema de Viena – Viennale, que chega à sua 51ª edição, tem inscrições abertas até o dia 31 de julho para a pré-seleção dos filmes que comporão a programação do evento. Entre os dias 24 de outubro e 6 de novembro, cerca de 300 produções serão exibidas nos cinemas do centro histórico da cidade austríaca. A Viennale também promove encontros, exibições de arte, paineis de discussão, lançamentos e outras atividades paralelas.

A seleção para a programação oficial do festival é feita por meio de convites: interessados em participar da Viennale têm até o dia 31 de julho para enviar uma sinopse de uma página para o endereço eletrônico film@viennale.at. Na sinopse também devem constar o formato original da obra, o tempo de duração, o formato de exibição e demais especificações técnicas. Nesta etapa, não é necessário o envio de cópias em DVD, nem em arquivo digital. Se até duas semanas após o envio a organização não tiver solicitado uma cópia de seu filme, seu trabalho não foi escolhido para a pré-seleção.

Cobertura da Erótika Fair!!!

Este ano a Central de Atores está cobrindo o evento Erótika Fair, a maior feira do segmento erótico do Brasil.

20ª Erótika Fair, a tradicional feira erótica paulistana, que novamente será montada no Palácio das Convenções do Anhembi, entre os dias 04 e 07 de abril, das 14h às 22h.

Serão mais de 40 expositores nacionais e internacionais apresentarão ao mercado e ao público final os lançamentos que farão o sucesso das sexshops e butiques sensuais no ano de 2013.

Pode não parecer, mas muitas pessoas tem enviado e-mails para a central querendo saber mais sobre o segmento erótico, devido à uma postagem sobre atores pornô (http://centraldeatores.com/blog/?p=1720)

Então, nada mais justo que procurarmos saber um pouco mais sobre este mundo do erotismo.

A feira serve tanto para expositores e comerciantes da área para conhecerem as modernidades do setor quanto para visitantes que se interessam pelo assunto e por que não para atores que queiram saber um pouco mais sobre como o mercado funciona.

Há um palco montado com diversos shows sexuais, e é lá que acontecem tantos os shows de stand-up quanto os de striptease.

Desta vez veio a atriz pornô Little Caprice da República Tcheca e o ator Marcello Bravo, que fizeram um pouco mais do que tirar a roupa. Havia uma história por traz, simples, mas eficaz, de uma sessão de fotografia onde a moça ia aos poucos se despindo para o fotógrafo. O público foi ao delírio. Confesso que a moça era muito interessante.

Outras coisas que chamavam a atenção na feira eram salas onde havia interação do público. Nestas salas as pessoas entram, normalmente uma a uma, mas acontecia casos de entrarem casais, e são recebidas por moças que inicialmente dançam um pouco, conversam, vão se aproximando até o momento de começarem os toques.

Além disso, encontramos também um ateliê de pinturas corporais, uma arte que chama a atenção. Ver pela televisão algo do tipo é legal, mas ao vivo, vendo as coisas acontecendo em sua frente, é muito melhor.

O mais legal de tudo é que neste tipo de feira você quebra alguns tipos de preconceitos. É bastante válido quando você encontra casais dispostos a entrarem numa sala daquelas que foram citadas acima, ou mesmo quando a namorada ou esposa deixa o homem entrar na sala e aguarda do lado de fora, claro que neste caso tem o “troco”, pois existe a sala só de homens…

Enfim, estas e muitas outras coisas bacanas você encontra nessa feira. E você achou interessante e quer conhecer? Ou tem algum conceito que deveria ser quebrado mas está te segurando? É engraçado que na sociedade em que vivemos, só podemos falar de sexo de modo implícito. Ator relacionado com pornografia não pode, mas com cigarro, bebida, exploração sexual, pode…

Anhembi recebe a 20ª edição da Erótika Fair

Qual é a arte erótica produzida hoje no brasil e no mundo?
Quem são os artistas?
Qual a realidade dos artistas que empreendem no mercado erótico?
O Central de Atores, vai conferir de perto e contar tudo pra vocês, dos bastidores artísticos da Maior feira erótica do brasil.

O Anhembi recebe a 20ª edição da Erótika Fair

Em abril, o mais importante encontro de negócios do mercado erótico brasileiro apresentará as novidades
com programação variada para profissionais do setor e público final
A Erótika Fair, considerada pela ABEME (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensuai), o mais
importante encontro de negócios do mercado erótico latino americano, e quarta maior feira erótica do mundo, contará
novamente com o Palácio das Convenções do Anhembi para sediar a 20ª edição do evento, que acontecerá entre os
dias 04 e 07 de abril de 2013, das 14h às 22h, sendo o horário das 14h às 17h dos dias 04 e 05 reservado para os
profissionais do setor, com palestras exclusivas, e, após as 17h, os portões são abertos a todo o público, que poderá
conferir as novidades do mercado em primeira mão, além de curtir shows sensuais, concurso de pole dance, brincadeiras
sensoriais e muito mais. No final de semana (dias 06 e 07), os portões abrem às 14h para todos.
Nesta 20ª edição da Erótika Fair é esperado um público de 30.000 visitantes, desde os profissionais do setor até o público
consumidor, munido de curiosidade e desprovido de preconceitos.
O @centraldeatores vai fazer uma cobertura especial dos diversos shows, como as apresentações da drag Silvetty Montilla, do Clube das Mulheres, do performer austríaco Marcello Bravo, números de stand-up comedy, performance da stripper internacional Little Caprice, e do coletivo de dança burlesca The Burlesque Takeover, a exposição de pintura corporal do artista plástico ByMadison, e  etc…
E você, vai visitar a Erótika Fair esse ano?

http://www.erotikafair.com.br

A gente se encontra lá!

Oficina de Commedia dell´Arte

O Centro de Pesquisa da Máscara inicia 2013 convidando à todos para participar da “Oficina de Commedia dell´Arte” que será realizada GRATUITAMENTE no Teatro do Tendal da Lapa.

De 18 de Fevereiro à 20 de Março de 2013
2ª e 4ª feiras das 9:00 às 12:00
Teatro do Espaço Cultural Tendal a Lapa
Rua Guaicurus, 1100  – Lapa

“A máscara cômica: diálogos entre tradição e contemporaneidade”

Serão trabalhados os modelos gestuais de todas as máscaras da Commedia dell’Arte: Zanni, Magnifico, Dottore, Capitano e Innamorati. O fio condutor da abordagem é a análise do gesto e do movimento à luz da antropologia do gesto dos tipos. Desse modo, propõe-se associar ao comportamento físico de cada uma das máscaras uma justificativa funcional (que diz respeito à execução do ator) à uma justificativa cultural (que diz respeito à construção história do sistema de codificação do gesto). Para tanto, os encontros serão divididos em três momentos distinto: gesto e tradição, acrobacia e lutas cômicas e, por fim, improvisação e lazzo.

Para maiores informações acesse o site: www.centrodepesquisadamascara.com
Preencha a ficha de inscrição e encaminhe para este email: contato@centrodepesquisadamascara.com
A seleção será divulgada no dia 14.02.

8º Festival de Cinema Italiano do Brasil

O MIS é uma das salas que recebe o 8º Festival de Cinema Italiano do Brasil, com destaque para trabalhos do ator Giancarlo Giannini, em películas totalmente restauradas. Entre os longas que serão exibidos, está Pasqualino Settebellezze (Pasqualino sete belezas), lançado em 1976, que recebeu quatro indicações ao Oscar® – Melhor ator: Giancarlo Giannini; Melhor direção e roteiro: Lina Wertmüller; Melhor filme estrangeiro. No dia 26, segunda, Giannini participa de um bate-papo com o público.

O Festival é uma realização da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura, e conta com patrocínio da Pirelli e copatrocínio da Sabesp.

Conheça a programação completa:

26.11 SEGUNDA
11h30 – projeção de Eu e Você
11h30 – bate- papo Giannini com público no foyer

01.12 SÁBADO
14h O mal obscuro (dir. Mario Monicelli, Itália, 1990, 113 min)
16h20 Me manda Picone (dir. Nanni Loy, Itália, 1984, 120 min)
18h40 Pasqualino sete belezas (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1976, 115 min)
21h Por um destino insólito (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1974, 125 min, ficção)

02.12 DOMINGO
14h Me manda Picone (dir. Nanni Loy, Itália, 1984, 120 min)
16h20 Pasqualino sete belezas (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1976, 115 min)
18h40 Mimi – o metalúrgico (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1972, 121 min)
21h Amor e anarquia (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1973, 119 min)

03.12 SEGUNDA
18h40 O mal obscuro (dir. Mario Monicelli, Itália, 1990, 113 min)
21h O inocente (dir. Luchino Visconti, Itália, 1976, 129 min)

04.12 TERÇA
18h40 Por um destino insólito (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1974, 125 min, ficção)
21 Pasqualino sete belezas (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1976, 115 min)

05.12 QUARTA
18h40 Me manda Picone (dir. Nanni Loy, Itália, 1984, 120 min)
21h Amor e anarquia (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1973, 119 min)
06.12 QUINTA
18h40 Mimi – o metalúrgico (dir. Lina Wertmüller, Itália, 1972, 121 min)
21h O inocente (dir. Luchino Visconti, Itália, 1976, 129 min)
Ingressos para o bate-papo gratuito serão distribuídos com 1h de antecedência

Galeria Olido recebe 6ª Mostra do Fomento à Dança

29/08/2012

Galeria Olido recebe 6ª Mostra do Fomento à Dança
O evento reúne 26 trabalhos de grupos contemplados em diversas edições dos editais entre os dias 4 e 16 de setembro

Núcleo de Improvisação
Desde sua criação em 2006, o Programa Municipal de Fomento à Dança colabora com a difusão da produção artística de dança contemporânea. A cada ano são publicados dois editais, que apoiam vários profissionais por meio de recursos para pesquisa, produção e manutenção de companhias estabelecidas em São Paulo. Neste mês, entre os dias 4 e 16, a Galeria Olido recebe a “6ª Mostra do Fomento à Dança”.

O evento reúne 26 trabalhos de grupos contemplados nas diversas edições dos editais, além de videodanças e fóruns. “Atravessamentos”, do Núcleo Vera Sala, abre a programação no mezanino da Olido, no dia 4. Em seguida, é a vez da Cia. Maurício de Oliveira & Siameses apresentar o espetáculo “Nigredo” na Sala Paiçandu. A coreografia é inspirada no Reisado do Nordeste e mistura folclore, lendas e alquimia. Segundo Maurício de Oliveira, diretor do espetáculo, o edital, pelo qual foi contemplado no início deste ano, possibilitou dar continuidade ao trabalho de pesquisa desenvolvido pela companhia. “As surpresas ao longo dos ensaios e apresentações foram as de constatar, mais uma vez, que em determinado momento o trabalho assume vida própria e nos conduz para determinados caminhos que ignoram nossos desejos. Submetemos-nos ao da obra”, conta.

Contemplado pela 10ª edição do Fomento, o espetáculo “Experimentações Cinematográficas”, do Núcleo Cinematográfico de Dança, também está na programação. “O que nos incentivou a inscrever o projeto foi a possibilidade de revisitar e reelaborar os caminhos trilhados durante a criação, já que o processo da primeira montagem foi muito rápido”, comenta Mariana Sucupira, que divide a direção, coreografia e interpretação com Maristela Estrela. A apresentação aborda o anseio do corpo ao tentar organizar o que está fora do lugar, conciliando, para tanto, as vertentes artísticas do cinema e da dança.

Inspirada no ensaio “Elogio da Profanação”, de Giorgio Agamben, a coreografia inédita de Claudia de Souza para a Cia. Danças encerra a programação no dia 16. Na mostra, dois trabalhos são voltados ao público infantil: “Dança em Jogo – Exercícios Cênicos”, da Balangandança Cia., e “Meio-dia Panela Vazia”, Cia. Giz de Cena.

Serviço: Galeria Olido – Salas Paiçandu, azul e de acervo e pesquisa. Av. São João, 473, Centro. Tel. 3331-8399 e 3397-0171. De 4 a 16/9. Grátis. Somente espetáculos que ocorram nos corredores não necessitam de ingressos. Para as apresentações nos demais locais, é necessário retirá-los uma hora antes.

Veja a programação completa:

NÚCLEO VERA SALA
Projeto: “Atravessamentos/Descontinuidades: Formatos Provisórios”. Concepção e dir.: Vera Sala. Espaço cênico: Hideki Matsuka. Com Gabriela Neves, Joana Ferraz, Paulo Henrique Alves e Rubia Braga. 60 min. +14 anos.
A performance surgiu do transbordamento para outros corpos, criando diferentes urgências e reelaborando questões por meio de configurações provisórias.
| Mezanino da Galeria Olido. Dia 4, 19h

CIA. MAURÍCIO DE OLIVEIRA & SIAMESES
Espetáculo: “Nigredo”. Concepção e dramaturgia: Maurício de Oliveira e Bergson Queiroz. Coreografia e dir.: Maurício de Oliveira. Com Andre Liberato, Ivan Bernardelli, Natacha Takahashi e outros. Trilha sonora: Tato Taborda. 70 min. +14 anos.
Inspirado no Reisado do Nordeste e mesclado com outros universos lúdicos, o espetáculo reúne folclore, lendas e alquimia e é protagonizado por personagens como Sereia, Mateus e Bastião.
| Sala Paiçandu. Dia 4, 20h

CIA. DAMAS EM TRÂNSITO E OS BUCANEIROS
Espetáculo: “Lugar do Outro”. Concepção e dir.: Alex Ratton Sanchez. Intérpretes-criadores: Carolina Callegaro, Ciro Godoy, Clara Gouvêa e Laila Padovan. Músico: Gregory Slivar. 60 min. Livre.
Presenças que existem isoladamente, mas que revelam lugares e vazios expressando a potencialidade de relações entre elas.
| Mezanino da Galeria Olido. Dia 5, 19h

CIA. SANSACROMA
Espetáculo: “Marchas”. Coreografia: Gal Martins, Ivan Bernardelli e elenco. Dir. artística: Gal Martins. Intérpretes-criadores: Thiago Silva, Rafael Edgard, Thais Antunes e outros. Trilha sonora: grupo e Cláudio Miranda. 55 min. Livre.
A apresentação do grupo de Capão Redondo, zona sul, leva à cena o resultado da pesquisa em livros, linguagem e estética corporal e laboratórios.
| Sala Paiçandu. Dia 5, 20h

COLETIVO SILENCIOSAS + GT’AIME
Espetáculo: “Solos de Duos”. Concepção e dir.: Diogo Granato. Intérpretes-criadores: Ana Noronha, Carolina Brandão, Flavio Falcone e outros. 60 min. +12 anos.
Trabalho de depoimentos pessoais em dança sobre relacionamentos amorosos nos dias de hoje.
| Sala Paiçandu. Dia 6, 20h

NÚCLEO LUIS FERRON
Espetáculo: “Sapatos Brancos”. Concepção e dir.: Luis Ferron. Intérpretes-criadores: Luis Ferron, Tony Siqueira, Zélia de Oliveira e outros. Trilha sonora digital: Loop B. Percussão: Jorge Luis Nascimento, Maurici Brasil e Tony Siqueira. 60 min. Livre.
Trabalho que traz elementos sobre tradições carnavalescas paulistanas, suas escolas de samba e, especialmente, o ritual presente na dança entre o Mestre Sala e a Porta Bandeira.
| Corredor da Galeria Olido. Dia 7, 19h

TAANTEATRO CIA.
Espetáculo: “Danças [Im]puras”. Concepção, coreografia e dir.: Maura Baiocchi. Com Valter Felipe, Rodolfo Osses, Alda Maria Abreu e outros. Música: Cláudio Vinícius Froes Fialho. 90 min. +16 anos.
Espetáculo em comemoração às duas décadas de pesquisa e criação do grupo, que parte da indagação da possibilidade de uma dança livre de referências e narrativas.
| Sala Paiçandu. Dia 7, 20h

NÚCLEO PASSO LIVRE
Espetáculo: “O Inferno de Wall Street”. Dir.: Eliana Cavalcante e Sofia Cavalcante. Com Eliana Cavalcante, Sofia Cavalcante, Camila Duarte e Marcelo Prado. Trilha sonora: Cid Campos. Leitura de versos de “O Inferno de Wall Street”: Augusto de Campos. 60 min. Livre.
Apresentação inspirada em um dos poemas mais radicais e pouco conhecidos da literatura brasileira: o episódio homônimo da epopeia “O Guesa”, do escritor maranhense Sousândrade.
| Mezanino da Galeria Olido. Dia 8, 19h

CIA. ÂNGELO MADUREIRA E ANA CATARINA VIEIRA
Espetáculo: “Baseado em Fatos Reais”. Criação e dir.: Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira. Com Patricia Aockio, Ana Catarina Vieira, Ângelo Madureira e outros. 60 min. +12 anos.
O espetáculo levanta a questão da memória do presente, pois não é possível voltar no tempo. Utilizando fotos como referências, boa parte do que se vê em cena acontece no momento em que é apresentado.
| Sala Paiçandu. Dia 8, 20h
 
BALANGANDANÇA CIA. (infantil)
Espetáculo: “Dança em Jogo – Exercícios Cênicos”. Concepção: grupo. Dir.: Georgia Lengos. Intérpretes-criadores: Dafne Michellepis, Coré Valente, Maristela Estrela e outros. Trilha sonora: Kito Siqueira. 50 min. Livre.
Apresentação que enfoca a brincadeira como coisa séria e que promove a invenção, a mudança de ideia e a reorganização das coisas quando necessária.
| Sala Paiçandu. Dia 9, 16h

NÚCLEO VIVER
Espetáculo: “Dejavü”. Dir.: José Maria Carvalho. Intérpretes-criadores: Ana Lacombe, Graice Arthuso, Cícero Mendes e outros. 60 min. Livre.
Espetáculo em processo de criação que procura mostrar o pensamento que produz na dança um movimento capaz de comover o espírito, expressando a alma das coisas.
| Vitrine da Dança. Dia 9, 18h

NÚCLEO DE IMPROVISAÇÃO
Espetáculo: “Inscrições sobre o Instante”. Dir.: Mel Bamonte. Intérpretes-criadores: Lu Favoreto e Vitor Vieira. Trilha sonora: Loop B. 40 min. +12 anos.
Resgate dos últimos espetáculos criados pelo grupo, demonstrando que a maneira como cada intérprete se apropria da dança gera conflitos que impulsionam a performance e tecem outras dramaturgias.
| Sala Paiçandu. Dia 9, 19h

E² CIA. DE TEATRO E DANÇA
Espetáculo: “Afro Margin”. Dir. e interpretação: Eliana de Santana. Orientação artística: Isadora Dias. Trilha sonora: Loop B. 40 min. +12 anos.
Coreografia inspirada na obra homônima do artista plástico britânico Chris Ofili, que busca na reflexão da margem o princípio organizador da pesquisa corporal e cênica.
| Sala Azul. Dia 10, 19h
 
NÚCLEO ENTRETANTO
Espetáculo: “Ocorrências”. Concepção e interpretação: Wellington Duarte. Dir.: Luiz Päetow. Dramaturgia do corpo: Vera Sala. 50 min. +14 anos.
| Sala Paiçandu. Dia 10, 20h

CIA. FRAGMENTO DE DANÇA
Espetáculo: “Ecos”. Coreografia e dir.: Vanessa Macedo. Com Chico Rosa, Danilo Firmo, Jéssica Moretto e outros. Trilha sonora: Gustavo Domingues e Allen Ferraudo. 50 min. +14 anos.
Proposta concebida a partir de criações anteriores do grupo, entre elas as que enfocaram personalidades femininas, como a artista plástica mexicana Frida Kahlo, em 2006, e a escritora inglesa Virginia Woolf, em 2010.
| Sala Paiçandu. Dia 11, 20h

MARCOS SOBRINHO
Espetáculo: “Dedicate”. Criação, dir. e interpretação: Marcos Sobrinho. 50 min. +12 anos.
Diálogo entre os universos de Arthur Bispo do Rosário e José Leonilson no qual são lançadas algumas reflexões sobre a insuficiência e a potência das palavras-imagens presentes nas obras de ambos os artistas plásticos.  
| Sala Azul. Dia 12, 19h

CIA. ARTESÃOS DO CORPO
Espetáculo: “Cecília – Micro Narrativas de um Bairro com Nome de Santa”. Dir.: Mirtes Calheiros. Com Ederson Lopes, Leandro Antônio, Margarita Hernandez e outros. 55 min. +12 anos.
O espetáculo dá vida a uma coleção de sonhos, como o dos dois homens que encontram um mulher/anjo no chão e o da noiva que flutua.
| Sala Paiçandu. Dia 12, 20h

NÚCLEO MARCOS MORAES
Espetáculo: “Solo Lisboa”. Intérprete-criador: Marcos Moraes. 30 min. Livre.
A dança e sua relação com a vida, enfocando temas como criação, autoria, representação, movimento, busca de sentidos, fracasso e invenção.
| Sala Azul. Dia 13, 19h

NÚCLEO CINEMATOGRÁFICO DE DANÇA
Espetáculo: “Experimentações Cinematográficas”. Concepção e criação: grupo. Dir., coreografia e interpretação: Mariana Sucupira e Maristela Estrela.
Trilha sonora: Ramiro Murillo. 60 min. Livre.
Partindo da busca compulsiva do corpo em organizar o que está fora do lugar, o espetáculo procura mostrar como o ser humano age nessas situações e quando o corpo parece não ter cabimento.
| Sala Paiçandu. Dia 13, 20h

NÚCLEO ARTÍSTICO PEDRO COSTA
Espetáculo: “Pipando… Onde Dormem os Pássaros”. Concepção e dir.: Pedro Costa. Intérpretes-criadores: Lúcia Weber, Marcio Dantas, Roger De Paula e Marcio Grillo. Trilha sonora: Thiago Jamas. 60 min. +14 anos.
A coreografia investiga o universo devastador dos usuários de crack. Em cena, caminhos individuais se bifurcam entre alucinações e conflitos que levam ao isolamento.
| Sala Azul. Dia 14, 19h

PROJETO DR
Espetáculo: “Peça.Crise”. Criação: Tarina Quelho, Laura Bruno, Mara Guerrero e Sheila Arêas. Com Tarina Quelho, Sheila Arêas, Adriana Macul e Laura Bruno. 60 min. +12 anos.
Estudo e crítica sobre a produção do grupo, fazendo um mapa do que já foi realizado ou ainda não.
| Sala Paiçandu. Dia 14, 20h

CALEIDOS CIA. DE DANÇA
Espetáculo: “Mapas Urbanos”. Concepção, coreografia e dir.: Isabel Marques. Codir. e dramaturgia: Fábio Brazil. Com Anelise Mayumi, Anderson Leite, Carol Corrêa e outros. Trilha sonora: Divan. 60 min. Livre.
Espetáculo interativo de dança contemporânea, no qual o espaço urbano é revisitado pela dança, mostrando a rua como passagem, encontro, paisagem, incômodo e cidadania.
| Corredor da Galeria Olido. Dia 15, 17h

CIA. BORELLI DE DANÇA
Espetáculo: “Eu em Ti”. Concepção, coreografia e dir.: Sandro Borelli. Com Alex Merino, Danilo Firmo, Maira Barbosa e outros. Trilha sonora: Arvo Pärt – Fratres. 55 min. +16 anos.
Inspirado na obra do pintor e poeta Ismael Nery, um dos ícones da vanguarda brasileira, o espetáculo leva o nome de um poema de Adalgisa Nery, com quem Ismael viveu por 12 anos até morrer, e enfoca a abstração do corpo erótico e santificado.
| Sala Paiçandu. Dia 15, 20h

CIA. GIZ DE CENA (infantil)
Espetáculo: “Meio-dia Panela Vazia”. Concepção e criação: grupo. Dir. cênica: Sandra Cavallini. Intérpretes-criadores: Flora Poppovic, Gisele Penafieri, Lia Mandelsberg e outros. Trilha sonora: Nô Stopa. 40 min. Livre.
Espetáculo que traz brincadeiras com características do elemento fogo, como o mistério, o medo e o desafio.
| Sala Paiçandu. Dia 16, 16h

CIA. CORPOS NÔMADES
Ensaio aberto: “Sinfonia Müller Mahler”. Coreografia e dir.: João Andreazzi. Com Lara Bordin, Noha Rocha, Ricardo Silva e outros. Trilha sonora ao vivo: Projeto Axial (Sandra Ximenes e Felipe Julian) e Vanderlei Lucentini. 120 min. +16 anos.
Performance-improvisação inspirada nas temáticas enfocadas no novo trabalho do grupo, que tem como base textos do dramaturgo Heiner Müller e sinfonias do compositor Gustav Mahler.
| Vitrine da Dança. Dia 16, 18h

CIA. DANÇAS
Espetáculo: “Profanação”. Coreografia e dir.: Claudia de Souza. Com Cristiana de Souza, Ítalo Ramos, Junior Domingos e outros. 60 min. +12 anos.
Inspirado no livro “Profanações”, de Giorgio Agamben, em seu ensaio “Elogio da Profanação”, o espetáculo procura abrir relações comuns entre as ideias de “usar” e “profanar” em um novo contexto religioso.
| Sala Paiçandu. Dia 16, 19h

 

A ACADEMIA LUSO-BRASILEIRA DE LETRAS convida

A ACADEMIA LUSO-BRASILEIRA DE LETRAS
convida
para a conferência do escritor e ator SERGIO FONTA:
“VESTIDO DE NOIVA: NELSON RODRIGUES EM TRÊS ÂNGULOS DE HISTÓRIA”
Dia e hora: 21 de agosto de 2012, terça-feira, às 16h
Local: Confederação das Academias de Letras do Brasil
Rua Teixeira de Freitas, nº 5 / 3º andar, na Lapa-RJ, próximo ao
Metrô/Cinelândia, saída Passeio.
ENTRADA FRANCA

[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]

Palestra sobre captação de recursos – sp

Palestra Gratuita com Fernanda Dearo no CIEE em São Paulo no dia 24 de agosto sobre CAPTAÇÃO DE RECURSOS. Não vai perder, né? Inscrições>>http://www.ciee.org.br/portal/apoio/eventos_opdig/novo_evento.asp?data=24%2F8%2F2012

Rua das Artes – encontros de circo – Salvador #BA

Sítio do Jeca – Agenda agosto/2012

Letras em Cena (sp – grátis!)

O LETRAS EM CENA é um projeto de leitura de textos de peças teatrais, poesias, cartas, ensaios, contos…
www.letrasemcena.art.br

Foi criado em 2006 por Clóvys Tôrres e Marina Mesquita e tem a PALAVRA como foco. Seu grande objetivo é promover encontros agradáveis e descontraídos entre autores, atores, atrizes, poetas, produtores, diretores e o público.

Acontece todas as segundas-feiras entre março e dezembro, sempre no Grande Auditório do MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand), na Av. Paulista, em São Paulo-SP. Em quatro anos existência (2006– 2007- 2008-2009) realizou aproximadamente 160 leituras, reuniu cerca de 1.800 artistas e um público médio de 140 pessoas por evento.

Foram quase 40 encontros em cada ano, promovendo o hábito da leitura em novas platéias (estudantes, grupos de idosos, grupos de alfabetização, estudantes de artes dramáticas e o público em geral) que têm a oportunidade de participar gratuitamente deste evento ao lado de grandes nomes da cultura brasileira e também a possibilidade de conhecer novos autores e seus trabalhos.

O projeto revela o primeiro processo de uma montagem teatral: a leitura de mesa, o momento em que começam os entendimentos sobre o texto, autor, período histórico, importância da obra, entre outros.

créditos
Ficha Técnica

Coordenação
Marina Mesquita e Clóvys Tôrres

Produção
Marina Mesquita e Clóvys Tôrres

Coordenação de Auditórios do MASP
Débora Lauand e Kika Lacerda

Curadoria
Marina Mesquita e Clóvys Tôrres

Administração e Prestação de Contas
Antoine Kolokathis

Assistente de Produção
Camila Sartorelli

Fotografia
Camila Sartorelli

Vídeo
Verlaine Pretto

Programação Visual e Site
Irmãs de Criação

Assessoria de Imprensa
Recado Em Destaque

Camerata Erudita faz concerto gratuito de obras de compositores nacionais e internacionais – SP 22-06-12

Dia 22 de junho de 2012, a partir das 20h30, o grupo paulistano Camerata Erudita faz concerto gratuito de obras de compositores nacionais e internacionais na Oficina Cultural Oswald de Andrade (Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, São Paulo), com regência do maestro Miguel Forte. Dia 30 de junho, o grupo volta a se apresentar na cidade, às 11 horas, na Biblioteca Chácara do Castelo, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. O repertório será o mesmo nos dois concertos.

O atual repertório é composto por quatro obras: A Musical Joke, de Mozart, Serenata para Orquestra de Cordas, de Elgar, Bachianas Brasileiras 4 (prelúdio), de Villa-Lobos e Mourão Op. 2, de Clóvis Pereira.

Nesse concerto serão apresentadas algumas obras pouco executadas, como A Musical Joke – Uma Piada Musical – K. 522, de Wolfgang Amadeus Mozart. Essa obra foi escrita pelo compositor alemão para ser, intencionalmente, engraçada, desajeitada, mecânica e excessivamente repetitiva. Alguns teóricos acreditam que Mozart escreveu essa obra com a intenção de parodiar compositores incompetentes da época, mas o próprio compositor nunca admitiu isso. Outros discordam dessa teoria, dizendo que talvez Mozart quisesse usar uma paródia como desculpa para tentar coisas que na época não eram praticadas. Porém, essa obra tornou-se notável por ser o primeiro registro conhecido do uso da chamada “politonalidade”, técnicas de composição que foram posteriormente revistas e usadas pelos primeiros compositores do século 20, como Debussy e Stravinsky, que procuravam novas linguagens de composição. Em vários trechos Mozart inseriu passagens que dão a impressão de notas erradas, dissonantes, etc., mas é no final que Mozart reservou uma surpresa ainda maior, cada naipe da orquestra termina em uma tonalidade diferente, cabendo somente às trompas terminarem na tonalidade original da peça, criando a aparência de um colapso total.

Na sequência, a Camerata Erudita executa Serenata Para Orquestra De Cordas – OP. 20, de Edward Elgar. Escrita em março de 1892, é uma peça para orquestra de cordas em três movimentos curtos, com cerca de doze minutos de duração. Sua primeira execução foi dirigida pelo próprio compositor em 21 de julho de 1896. O segundo movimento “Larghetto” é aceito como contendo a melhor e mais madura escrita de todo o trabalho do compositor.

Do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos, o grupo escolheu Bachianas Brasileiras 4 – Prelúdio. Essa obra está inserida em uma série de nove suítes escritas por Villa-Lobos para várias combinações de instrumentos e vozes entre 1930 e 1945, com elementos da música popular brasileira e com o estilo de Johann Sebastian Bach. O prelúdio da número 4 foi escrito para orquestra de cordas e dedicado pelo compositor à Tomás Terán, um pianista que se tornou um grande amigo do compositor.

Baião é o ritmo dominante em Mourão Op. 2, de Clóvis Pereira, composição escrita para orquestra de cordas, constituindo a sequência da obra “Mourão”, escrita em parceira com o grande compositor brasileiro César Guerra-Peixe.

Camerata Erudita

A Camerata Erudita é uma orquestra de câmara criada e idealizada pelo maestro Miguel Forte. Seu objetivo consiste na execução e divulgação da chamada “música de câmara”, originalmente escrita para pequenos espaços. Seu maestro e seus integrantes viram nesse trabalho a oportunidade de escolher seu repertório e disseminar o conhecimento adquirido em diferentes trabalhos profissionais na área musical. Composta por quinze integrantes, a grande maioria jovens participantes de companhias de óperas, grupos de câmara e orquestras sinfônicas de São Paulo, a Camerata Erudita vem se destacando pelo critério na escolha de seu repertório e também pela busca da excelência na execução dos mesmos, valendo-se sempre de grandes nomes da música nacional para transmitirem seus conhecimentos, buscando assim formar sua própria identidade.

Miguel Forte, maestro e idealizador da Camerata Erudita, iniciou seus estudos com Walter Novaes e tem em seu currículo estudos de regência coral com Jorge Sarmientos, João Wilson Faustini e Mara Campos, violoncelo com Heloisa Meireles e Ricardo Fukuda, regência orquestral com Paulo Maron e Sergio Chenee, atua ainda como chefe de naipe dos violoncelos da Orquestra do NUO – Núcleo Universitário de Ópera.

Repertório

– A Musical Joke – Mozart

– Serenata para Orquestra de Cordas – Elgar

– Bachianas Brasileiras 4 (prelúdio) – Heitor Villa-Lobos

– Mourão Op. 2 – Clóvis Pereira

Ficha Técnica

Regente

Miguel Forte

Violinos I

Leonardo Daniel Marques de Oliveira (spalla)

Anderson S. Teixeira

Cleiton Carlos França de Moraes

Violinos II

Leon Souza de Oliveira

Cristiane Cizino Silva

Michelle Gomes Mendes

Violas

Almir Nunes de Souza Junior

Cesar Augusto Alves Martini

Maxuel Rodrigues de Oliveira

Violoncelos

Valdir Vale Maia

Silvia Regina Lozano Altieri

Adriano de Paula Macedo

Contrabaixo

Leopoldo Fernandes de Carvalho

Ricardo Karelisky

Serviço

Dia 22 de junho de 2012, às 20h30, entrada franca

Local Oficina Cultural Oswald de Andrade

Rua Tres Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo/SP

Fone 011 3222 2662 Lotação 90 lugares Duração 50 minutos Recomendação livre

Entrada franca – retirar os ingressos com meia hora de antecedência

Dia 30 de junho, às 11 horas, entrada franca

Local Biblioteca Chácara do Castelo

Rua Brás Lourenço, 333

Jardim da Glória – 04113-010 – São Paulo/ SP

Fone 011 5573-4929

Entrada franca – retirar os ingressos com meia hora de antecedência

Wilde meets Porter – CCSP – grátis -> 15 de junho

Teatro – Wilde meets Porter
Quandosex, 15 de junho, 21:00 – 22:00
OndePraça Mário Chamie (Bibliotecas) – 170 lugares (mapa) Centro Cultural Vergueiro.
Descrição(16 anos) Um diálogo entre as obras de Oscar Wilde e Cole Porter. Em cena, um ator, um cantor e um pianista. A ironia contundente dos textos do autor e a delicadeza melódica dos clássicos de um compositor eterno. Versos, trovas e notas atemporais, rebuscadas e sensíveis refletindo sobre a questão do relacionamento humano: a solidão, os fracassos amorosos, o desvario das paixões.
Na atmosfera de um quase cabaret, Carlos Navas e Ando Camargo, ambos a serviço do humor, do sarcasmo, do bom gosto e da ousadia numa entrega delicada e, ao mesmo tempo, arrebatadora. Participação do pianista Jonas Dantas. A supervisão geral é de Cássio Scapin.
Entrada franca – sem necessidade de retirada de ingressos

Comédia Silly Cow, do autor inglês Ben Elton

Amigos,
estou em cartaz com a comédia Silly Cow, do autor inglês Ben Elton. Ficarei feliz com a presença de vocês.
Beijos e abraços,
Rodrigo Haddad
www.twitter.com/ro_haddad
http://rodrigohaddad.wordpress.com

SILLY COW, de Ben Elton (comédia em inglês)

Doris Wallis (Juliana Gonçalves) é uma jornalista que escreve uma coluna semanal em um grande jornal britânico. O passatempo preferido dela é falar mal dos outros, principalmente celebridades, artistas, a família real. Só que a…língua venenosa dela começa a passar dos limites e ela é processada por uma atriz após chamá-la de gorda e canastrona. Enquanto se prepara para o julgamento, Doris recebe a visita de um editor que quer contratá-la para escrever em um tabloide de circulação europeia (Rafael Leandro), do contador que quer que ela assine as declarações do Imposto de Renda (Lécio Rabello) e do “namoradinho” latino que leva uma encomenda especial a ela (Lucas Romano), ao mesmo tempo em que precisa discutir detalhes do caso com sua eficientíssima assistente (Nathália Mancinelli e Priscilla Oliva se alternam no papel).

Direção e adaptação: Rodrigo Haddad

Assist. de direção: Juliana Gonçalves

Elenco: Juliana Gonçalves, Nathália Mancinelli/Priscilla Oliva, Rafael Leandro, Lécio Rabello, Lucas Romano

Site: www.wix.com/emcartaz/sillycow

Duração: 75 minutos

Classificação etária: 14 anos

Grátis

Em inglês

Tweeter button Facebook button Youtube button