Festival Circos Sesc 2015

Comecou na quinta (28/5/2015) e 7 de junho, a terceira edição do evento tem 105 sessões de 28 espetáculos, treze nacionais e quinze internacionais, em quinze unidades do Sesc.

As atrações chegam do Canadá, Suécia, Suiça, Espanha, Portugal e França, entre outros países.  Intervenções artísticas, debates e exposições complementam o programa.

 

Confira a programação completa no site do festival http://circos.sescsp.org.br/programacao/ e confira as dicas do Central de Atores, categoria imperdivel:

(Aqueles que a  gente vai assistir!)

 
Acelere! (Colômbia) – Circolombia |   (R$ 25,00)

Cherepaka (Canadá) – Nadère Performing Art | Sala de Espetáculos 2 (R$ 25,00)

Ritual das Esferas (Uruguai/ Brasil) – Jorge Ribero e Zuza Magalhães | Intervenção (Grátis)

Pals (Espanha) – Cia Ciclícus | Teatro (R$ 25,00)

Clockwork (Suécia) – Sisters | Teatro (R$ 25,00)

A Fantástica Baleia Engolidora de Circos (RJ) – Cia Frita Teatro | Teatro (R$ 25,00)

Extreme Symbiosis (Suécia) – Henrik & Louise | Galpão (R$ 25,00)

B-Orders (Palestina) – Palestinian Circus School | Teatro (R$ 25,00)

Circo del Mondo (SP) – Coletivo Caldeira | Intervenção (Grátis)

Última Aduela (Portugal) – Erva Daninha | Praça de Eventos (Grátis)

De Partida (SP) – Cia Suno | Teatro (R$ 25,00)

A Costureira (Suíça) – Gardi Hutter | Teatro (R$ 25,00)
Destaque para

Cie. Les Fusains

Suiça

Inédito no Brasil

Por anos, um homem e uma mulher observaram o comportamento diário das pessoas. O modo de falar, de se movimentar, de reclamar, de se divertir. Os hábitos que, de tão automáticos, podem ser encarados como dramas ou comédias prontas.

Livres de máscaras e dispostos a encarar sua própria estupidez, os franceses Pierre Byland e Mareike Schnitker permitem vir à tona seus respectivos clowns teatrais. Discípulo de um dos mais notáveis palhaços europeus, Jacques Lecoq, Byland foi um dos primeiros a trazer o nariz vermelho ao teatro contemporâneo. Faz rir com sofisticação.

Dirigiu e atuou ao lado de grandes nomes, como Samuel Beckett e Philippe Gaulier, e atualmente coordena o Burlesk Center, centro de pesquisa e aperfeiçoamento das artes burlescas contemporâneas, na Suíça.

FICHA TÉCNICA
Direção Jaqcues Lecoq e Pierre Byland
Elenco Pierre Byland e Mareike Schnitke
Produção no Brasil Cais Produção Cultural – Luciana Arcuri e Zé Renato

 

 

Avner the Eccentric

Estados Unidos

Inédito em São Paulo

Ele engole uma quantidade inacreditável de guardanapos, faz malabares com seu chapéu e equilibra sobre o nariz uma pena bem comprida. Tudo com uma expressão corporal e um bom humor que cativam a plateia.

O palhaço Avner criou este espetáculo solo no início dos anos 80, mesclando truques clássicos às técnicas de ilusionismo. Passados 30 anos, algumas acrobacias mais árduas foram deixadas de lado. Afinal, aos 66 anos, o palhaço aprendeu que, em vez de abusar da técnica, é possível seduzir o público conectando-se ao estado emocional dele.

Artista versátil com atuações reconhecidas nos universos circense, cinematográfico e teatral, Avner ministra workshops para estudantes e profissionais da saúde, educação e de assistência social.

FICHA TÉCNICA
Atuação, Roteiro e Direção Avner Eisenberg
Preparação Vocal Julie Goell
Produção no Brasil Périplo Produções -Pedro de Freitas

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Tweeter button Facebook button Youtube button